Feliz Natal atrasado e "Tag: Natal Me Faz Lembrar"!

Hey, pessoas!
Como vão?

Quero desejar á todos os leitores amigos, um Feliz Natal atrasado, e se eu não postar aqui no Ano-Novo, um Feliz Ano-Novo também. Escrevam suas metas num papel, ou/e façam igual á mim, que descobri no Tumblr:

"Pegue uma jarra. Toda vez que alguma coisa boa acontecer com você, coisas pequenas e simples até, escreva-as num pedaço de papel, e coloque dentro da jarra. No último dia de 2013, veja todas as maravilhas que Deus te proporcionou durante o ano."

Quero colocar aqui, um meme que a minha linda amiga, Tatiana me ofereceu. Obrigada, gostei muito ^^


Outra linda amiga minha, a Pâm, me indicou para um meme. E acho que vocês já sabem que eu amo responder á memes (tanto que eu tenho mais um meme pra fazer, que eu tô enrolando pra caramba...!). Obrigada, Pâm! E ainda mais por ser de Natal, gostei mais ainda! ^^

Tumblr_mfe26xmmwu1rkse4jo1_500_large

Regras para essa Tag:
*Indicar 10 blogs para participar
*Dizer no post quem te indicou

1.Qual filme com tema natalino é o seu favorito?
Como eu amo o Natal, eu assisto á vários filmes, mas nunca me lembro os nomes... Vou colocar então um que eu assisti uma vez e gostei realmente. O nome é "Menores Desacompanhados" (eu acho). É sobre várias crianças que ficam presas no aeroporto bem no dia de Natal. Muita comédia :D

2.Qual a sua cor favorita de Natal?
Vermelho, claro! Não só no Natal, é minha cor preferida mesmo!

3.Você gosta de ficar de pijama ou vestir-se para o Natal?
Prefiro me arrumar. Minha família nunca passa o Natal só a gente, tem sempre alguém junto e ficar de pijama, não é muito legal... rsrsrs...

4.Se você pudesse comprar apenas um presente para uma única pessoa nesse Natal, quem seria?
Hum.... Acho que não poderia responder essa pergunta.

5.Você vai abrir o seu presente na noite (na Véspera do Natal), ou na manhã de Natal?
Não ganhei nada nesse Natal, então...!

6.Você já construiu uma casa de pão de gengibre?
Não gosto de gengibre e nunca construí casa de nada... :/

7.O que você gosta de fazer em seu feriado de Natal?
Ficar em casa, ver á especiais e desenhos de Natal na TV (tirando a Globo, SBT, Record e etc), e comer panetone :9

8.Algum desejo de Natal?
Mangás! Estou viciada e no momento isso é com certeza o que eu queria!

9.Cheiro de Natal favorito?
Pólvora dos fogos. Brincadeira! rsrsrs... Acho que seria... Cheiro de chester... Sei lá...

10.Prefere a ceia de Natal, ou os doces e sobremesas?
Com certeza a sobremesa! E frutas. Frutas também são ótimas.

Blogs Indicados:
*Universo Literário
*Meu Estranho Mundo Literário
*Palavras de Um Livro
*Pitorescamente
*Diário do Marquinhos
*Casinha das Gifs
*Ma Petit
*Delírios da Noite
*Vitamina de Pimenta
*Jornalismo na Alma

Pessoas, continuo aceitando temas para crônicas!
Bjs,
Ariane;)

Fim do mundo... Só que não.

Yo, pessoas!
Como vão? Espero que muito bem!
Obrigadaa pelos comentários no post anterior, logo responderei! :)
Desculpem a demora em postar. Motivo: Mangás! *------*

Apesar do título do post ser sobre a previsão dos Maias, eu só vou esboçar minha opinião em algumas linhas:

"Então, em 1999, minha irmã nasceu, e minha mãe ficou desesperada por 'todo mundo' estar comentando sobre o 'fim do mundo em 2000'. O Ano-Novo foi muito chato, sem aquela alegria normal e incrível de Ano-Novo, sem os fogos (que eu amo *----*), e com todo com cara de funeral. Enfim, meia-noite passou e, olhe só!, nada aconteceu. Todo aquele escarcéu desnecessário, foi para nada. A vida continuou a mesma, todo mundo tendo que trabalhar na semana seguinte, a escola continuou a mesma, e o medo se passou.
O que eu quero dizer com isso: não pare sua vida só por comentários de outras pessoas. Se você acredita realmente naquilo, então tudo bem, você vai levar as consequências disso. Mas não leve tão a sério tudo o que nos dizem (principalmente se for algo ruim sobre si mesmo, o que nós chamamos de 'fofoca')."

PS: Nada contra quem acredita que o mundo realmente irá acabar hoje. Ou que uma "era nova" irá começar.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Que eu gosto de mangás e animes, não é segredo pra ninguém (se você não sabia, eu escrevi isso no perfil alí ao lado >>). E como boa amante desse hobbie incrível, eu trago para vocês, um mangá que eu amo de paixão. Amo mesmo.
Se você não gosta de mangás ou nem sabe o que é isso, clique aqui.
Se você gosta de mangás: estamos juntos nessa!
Enfim, isso aqui é para todos os leitores do meu blog:


Suki-tte Ii Na Yo (Diga "Eu Te Amo")
Mei Tachibana é uma garota de 16 anos que nunca teve amigos ou namorados devido a sua personalidade deprimida e ao bullying que sofre na escola. Por causa de um mau-entendido, ela acaba se aproximando de Yamato Kurosawa, o garoto mais popular da escola. Os dois se tornam amigos e ele decide, por conta própria e para total desespero de Mei, se tornar o namorado dela, se empenhando bastante para fazê-la dizer "Eu te amo".
(Sinopse pelo Shoujo Scans - fansub que traduz o mangá por onde eu leio)

Porque eu Amo: Além da garota principal ser linda e incrível, ela leva meu respeito por conseguir ser quem ela é realmente, independente do que os outros vão pensar ou coisa assim. Sem falar que o Yamato (o mocinho lindo *----*), é muuuuuito legal. Ele é um príncipe que não se acha um príncipe, o que o deixa mais príncipe ainda. Ele é tipo, o cara que toda garota gostaria de namorar (admito, me incluo aí...).
O mangá me ensinou muita coisa (aham), e o traço é lindo... A história, não só do casal principal, mas dos "coadjuvantes", se podemos assim dizer, é ótima e sempre me faz rir das expressões e das situações em que eles participam.

O anime começou a ser produzido agora, então não está finalizado. Mas se você quiser assistir assim mesmo, eu vou colocar o trailer logo aqui abaixo ¬


Bom, obrigada por lerem o post!
Ah, queria pedir uma coisinha: Um tema para uma crônica! Qualquer tema!
Desde já, arigatô ^^

Bjs,
Ariane;)

Adeus mundo cruel...


Hey pessoas!
Então, obrigada pelos parabéns do outro post, fiquei feliz >.<

Bem, eu achei a imagem acima muito fofa (vi ela no Facebook, aliás, quer me adicionar? Ariane Ferraz), e já que estava no Tumblr, e rebloguei algo muito interessante, decidi colocar aqui também. Não deixa de ser um meme, então se alguém quiser fazer...

PS: Pensei BASTANTE nas minhas respostas. Tudo com o celular aqui do lado, rsrsrs....

"Uma música..."


Uma música que te faz sorrir : Mean - Taylor Swift
Uma música que te faz chorar: She Will Be Loved - Maroon 5
Uma música que te faz rir: Oppa Gangnam Style - PSY
Uma música que te lembre a sua infância: Miracles Happen - Myra
Uma música que te faça dançar: La Macarena ~~
Uma música que você saiba a letra toda: Naturally - Selena Gomez
Uma música do seu cantor (a) preferido: Who Says - Selena Gomez
Uma música da sua banda preferida: If Today Was Your Last Day - Nickelback
Uma música que você odeie: Todos os funks existentes.
Uma música que fica na cabeça: Wannabe - Spice Girls
Uma música com o clipe engraçado: Walk - Foo Fighters
Uma música que te deixa deprimido (a): Leave it All the Rest - Linkin Park
Uma música que faz você lembrar da sua mãe : Someone Like You  - Adele
Uma música que você tem vergonha de gostar : Fright Song - Monster High - -'
Uma música que seja abertura de algum programa de televisão: Make It Shine - Victoria Justice
Uma música que faz você ficar calmo(a): Mais Uma Vez - Legião Urbana
Uma música que seja trilha sonora de um filme que você goste : A Thousand Years - Cristina Perri
Uma música que não faz sentido : Moves Like Jagger - Maroon 5
Uma música que te deixa confuso (a) : Charlie Brown - Coldplay
Uma música que te faz dormir : Everuthing I Own - versão Bread
Uma música que te lembre o verão : Summer's Not Hot Without You - Selena Gomez
Uma música que te lembre a escola : Baby, One More Time - Britney Spears
Uma música que você já ouviu mais de 50 vezes em um dia só : Call Me Maybe - Carly Rae Jepsen
Uma música que você acha irritante : Work Hard, Play Hard - Wiz Khalifa
Uma música que você acha ridícula : Ai se eu te pego - Michel Teló
Uma música que você ame : Sweet Child O' Mine - Guns and Roses
Uma música que você acha que foi escrita para você : Get It Right - Glee
Uma música de uma série que você goste : I'll Be There For You - Rembrandts
Uma música que te da medo : Just Dance - Lady Gaga
Uma música que você não gostou no começo mas depois gostou : Darlin' - Avril Lavigne
Uma música que te lembre morte : Black to Black - Amy Winehouse
Uma música que é muito famosa mas você não gosta : Somebody That I Used to Know - Gotye


Bem, é isso! Vou responder os comentários, e tenham uma ótima semana! ^^
Bjs,
Ariane;)

Aniversário Estranho...


Quarta-feira passada foi meu aniversário (pois é, um ano mais perto da casa dos 2.0 #exagero).
Achei que iria ser como qualquer outro dia normal, ou algo do tipo, mas esse ano, tive uma surpresa.

Já tinha avisado ás minhas amigas que NÃO QUERIA que elas lembrassem á ninguém na escola sobre o meu aniversário, mas como falar com as amigas ás vezes é a mesma coisa que falar com paredes ou muros, elas simplesmente ignoraram (com excessão da minha best, Ká ^^). A semana anterior, elas ficavam fazendo comentários muito altos do tipo: "Nossa, semana que vem JÁ É o aniversário da Ariane", ou "Ah é, dia 21 é o aniversário da Ariane!".
Eu achei que ninguém iria ouvir (coitada...), mas quando chegou no dia, minha prima já chegou na sala de aula gritando: "Feliz aniversário, Ariane!" pra quem quisesse ouvir!
Até aí tudo bem (é, mais ou menos...)

Depois da quarta aula, minha amiga simplesmente disse pra professora: "Professora, vamos cantar parabéns pra Ariane?" e a prof: "Vamos!" só que eu comecei a gritar que nem uma louca tipo: "NÃO! NÃO VAMOS NÃO!", mas minha amiga ignorou e ainda pediu para o meu amigo começar a cantar os parabéns. Ele começou e logo quando eu menos esperava, A SALA INTEIRA estava se juntando á ele!!!

Motivo da minha raiva: Eu não gosto da minha sala. Essa é a verdade. Na 7ª série quando eu entrei nessa escola, eu praticamente era humilhada lá!!! Eu odiava aquele lugar, pra vocês terem noção! A 8ª série chegou, o 1º ano também, e aí, as coisas começaram a ficarem melhores. Esse ano, sinto que gosto mais da minha sala, mas mesmo assim, é MUITO ESTRANHO receber os parabéns de uma turma da qual você sempre odiou, e que sempre pensou que não soubessem da sua existência.

Enfim, até  aparte do "muitos anos de vida!" eu aceitei de bom grado, muito obrigado, nunca tinham feito isso por mim, na minha vida, mas depois daí, eu joguei tudo no lixo! O final foi aquele bem ridículo que só pessoas ridículas cantam, bem escroto, que minha prima fez questão de ficar cantando (eu nem tinha ouvido na hora, mas como ela ficou repetindo sem parar, eu fui obrigada a ouvir). E ainda teve COM QUEM SERÁ! Podia ser pior?

Podia, podiam ter tacado ovos em mim. Mas isso não aconteceu, menos mal.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Só um desabafo sobre um dia marcante e meio... Estranho. Quer dizer, eu não sabia se ficava com raiva ou surpresa. Espero que não tenham achado entediante.

Sou editora de um Scanlator (site ou blog que distribui mangás para download gratuitamente para quem gosta de ler e quem não pode pagá-los, porque sinceramente mangá no Brasil É UM ROUBO.) E a minha função é editar os mangás, colocar as falas e etc. É bem legal! ^^Se vocês quiserem visitar o Scanlator, é só clicar aqui >> Fascínio Asiático.Nenhum trabalho meu está para download ainda, porque eu entrei quase agora, tanto que eu queria esperar um sair pra poder falar aqui, mas decidi falar logo mesmo.

Ah, não teve bolo, caso queiram saber. Hahaha :P

Obrigada pelos comentários, vou responder e ver se consigo contactar algumas pessoas que desapareceram (ou fui eu mesmo, sei lá...)

Bjs,
Ariane;)

Voltamos!

Oie gente!
Que saudade....

Com a internet de volta (há algum tempo, devo dizer), consegui arrumar algumas coisas (algumas!), e resolver outras (dentre elas, trabalhos de escolas e coisas chatas).
Já li todos os comentários positivos e agradeço por cada um deles!

Vocês viram que a lay mudou e eu tenho que dizer que eu gostei muito dela! É free, mas assim que bati o olho, amei! Se alguém quiser fazer uma lay pra mim, também não tem nenhuma importância... rsrsrs...

Notícia¹: Triste mas é: esse blog não é mais um blog literário... :(
Não que eu não goste mais de ler, pelo contrário, a leitura ainda é um dos meus passatempos prediletos, sem falar que é um "escape" para fora desse mundo cruel. Só que o sistema de "livros" ser o assunto principal aqui, não deu muito certo :(((

Notícia²: Para alguns pode bom, para outros ruim, mas bem, isso se tornou um blog pessoal!
Parar de escrever acredito que não faço mais, e nem abandonar vocês eu posso, afinal, me ajudaram bastante! :)

Notícia³: Vou começar a postar uma vez por semana, talvez só ás segundas, ou só ás sextas quem sabe, mas é que assim fica mais fácil para conciliar as coisas do blog, as coisas do scanlator (dou mais detalhes no próximo post!), as coisas da escola e as coisas pessoais. Eu sei que o ano está acabando, mas parece que é bem no fim do ano escolar que os professores resolvem passar trabalhos de montão ¬¬'

Os comentários vou responder ao longo da semana e obrigada mais uma vez aos meu leitores fiéis, que continuarão lendo aqui (eu espero)!

Bjs,
Ariane;)

O que eu devia á vocês!

Bem, vamos á explicação:

"Há um mês mudei de casa e minha antiga internet passou para o novo morador da minha antiga casa. Pedindo a nova internet, meu pai tentou fazer com que fosse rápido, mas como pressa não é algo que essa gente tem muito, não tenho minha internet ainda. Ainda."

Isso, mas já que eu estou sem internet (há mais de um mês, dá pra imaginar???), como estou escrevendo aqui??
Pelo wi-fi do celular do meu pai.

Só que não é muito rápido, então, demora um pouquinho pra entrar em alguns sites e, nem posso tentar ver vídeos no Youtube! Tentei baixar um mangá, mas... Desisti. "1 hora" para completa o download??? Never!.

Pra não pensarem que eu abandonei vocês, vim aqui dar esse aviso rápido, e responder os comentários. Pelo menos tentar, aos poucos.
Mas olhem só, estou conseguindo adiantar o atraso (nossa, "adiantar o atraso"?) de uma série que estava assistindo, mas devido á internet, não conseguia assistir um episódio por dia. Agora eu assisto dois ou três! Então, estou quase nos episódios finais!
Ah, e estou conseguindo escrever mais e melhorar algumas coisas no meus "arquivos"!

Então, acho que a falta de internet não é tão ruim assim, ainda mais porque é final de bimestre na escola, então não tem nenhum trabalho ou pesquisa.

Enfim, perdoem-me por deixar vocês á mercê, e nem responder os comentários. Devem estar achando que eu morri, ou algo do tipo. Desculpem! Vou tentar ao máximo apressar meu pai, porque aí ele fica irritado, e liga para a Telefônica (ou Vivo, tanto faz, não gosto de nenhuma das duas), e resolve esse negócio da internet.

O pior, daqui á menos de dois meses vou ter que mudar de novo.... Eu sei, passar por esse negócio da internet de novo... Mas pelo menos vai ser definitivo!

Bjs,
Ariane;)

#2Tá na Cabeça!

Oie gente!

Já fiz essa coluna uma vez, lá no ODT (snif, snif), então não sei se vocês vão se lembrar. Mas da outra vez eu só falei as músicas e coloquei um vídeo. Mas então, com um pouco de custo, consegui fazer uma playlist pra vocês. Essa playlist, é feita de algumas músicas do "Maroon 5".
Gosto muito da banda, e acho a voz do Adam linda, muito diferente (a gente não encontra nenhuma voz igual á dele!), e acho que as músicas são bem legais, e com conteúdo nas letras.
Como o nome da coluna é "Tá na Cabeça!", são só músicas que estão atualmente na minha cabeça.
Espero que gostem!


PS: Minha preferida é "She Will Be Loved"!
E a sua (se tiver uma)?

Bjs,
Ariane;)

Comentem!!!

Resenha "Fala sério, Mãe! - Thalita Rebouças"

OBS: PELO QUE ANDEI LENDO, O BLOGGER ESTÁ EXCLUINDO COMENTÁRIOS QUE NO FINAL CONTÉM ENDEREÇO DO BLOG, ENTÃO GENTE, NÃO COLOQUEM SUAS URLS...!

Oie gente!
Estou muito em dívida com o blog, mas vou explicar minhas razões.

1º: Reunião de pais assim que o segundo semestre começou e minhas notas caíram bastante... (por que será??!!).
2º: Por causa do item número 1, eu não posso ligar o computador ás segundas, quartas e domingos, tirando os sábados em que eu saio (porque é o meu dia preferido da semana, junto com terça e sexta).
3º: Estou á procura de novos posts. Já li três livros, mas não quero ficar colocando só resenhas, acho que um blog não é só isso... E só tenho mais uma coisa planejada para o próximo post.

Agora, resenha!

Título: Fala sério, Mãe!
Autor: Thalita Rebouças
Nº de páginas: 176
Preço: Á consultar
Editora: Rocco
*Sinopse*




*Minha opinião*
Várias crônicas muito engraçadas, algumas bem reais, e mais sobre o curioso e interessante relacionamento de Malu (Maria de Lourdes, o nome da minha vó), e sua mãe, Ângela Cristina.
Não tenho muito o que falar, já que são várias histórias, cada uma com uma idade determinada e um título. A capa é linda (a primeira, porque a segunda eu achei meio feia e sem graça...), e a Thalita tem sempre aquele jeito divertido e só dela de escrever!
Não é o melhor livro dela pra mim (pra mim!), mas eu gostei bastante e ri muito, porque os diálogos são tão engraçados... E a Malu não tem muita coisa parecida comigo, a não ser não gostar de ir ao supermercado.
Bom, vou colocar aqui a crônica que eu mais gostei. Ela é curtinha, e se passa quando a Malu tinha 5 anos.

"Maria de Lourdes?

- Mãe, por que o meu nome é Maria de Lourdes?
- Porque mamãe acha esse nome lindo. O nome mais lindo do mundo. 
- Mas por que de Lourdes? Você não se chama Ângela? Se eu sou sua filha devia me chamar Maria de Ângela.
- Ah, que gracinha... Mas não é assim que funciona, querida. O nome é Maria de Lourdes.
- Por quê?
- Porque sim! O nome é assim, Maria de Lourdes, e ponto final.
- Quem disse?
- Um monte de gente disse.
- A minha amiga da pracinha, se chama Maria Luiza, a do colégio, Maria Eduarda, e o meu irmão se chama Mário Márcio. Por que eles não se chama Maria de Luiza, Maria de Eduarda e Mário de Márcio? 
- Ai, Maria de Lourdes... Porque o nome deles é assim.
- E por que o meu nome é Maria de Lourdes?
Caramba que criança insistente!
- Porque existe uma santa, chamada Maria, que apareceu em Lourdes, uma cidade lá longe, na França. Por isso várias meninas têm esse nome.
- Eu sou da França?
- Claro que não, que bobagem! Você é do Rio de Janeiro.
- Então posso trocar meu nome para Maria do Rio? Ou quem sabe, Maria da Praia? Adoro praia. 
- Maria da Praia? Que nome medonho! Maria de Lourdes é tão lindo...
- Você se chama Ângela de Lourdes?
- Não, Maria de Lourdes, que papo mais chato!
- Então por que eu sou obrigada a me chamar Maria de Lourdes? Eu nem sou santa!
- Ah, isso você não é mesmo!
- Posso trocar de nome?
- Não, ninguém troca de nome.
- Então vou pedir pra todo mundo me chamar de Malu. Gosto muito mais.
- Ai, Maria de Lourdes, que ideia boba, seu nome é tão forte, tão bonito...
- Maria de Lourdes, não, mamãe. Malu."
Pág. 33 e 34

Fala Sério, Mãe! - 2ª Ed.
(A capa do meu exemplar é essa! Só vem com mais páginas e uma crônica inédita)

 Classificação: 3/5

Até o próximo post, e... COMENTEM!
Estou sentindo falta de algumas pessoas, mas espero não ter acontecido nada.

Bjs,
Ariane;)

PS: Obrigada aos que me seguem na coluna alí ao lado >>

22ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo

Casinha das Gifs
(decidi inovar com o gif!)

Bem, aqui estou eu. Sumida de novo, mas esse post vai ser grande pra compensar. Ou não.
Não sei se vocês gostam de posts grandes. Mas ás vezes eu falo demais.
Certo, vamos lá.

(olha a minha cara de felicidade! E perdoem os olhos arregalados...)

Não é segredo pra ninguém que eu nunca tinha ido na Bienal. Bom, talvez vocês não sabiam disso. Mas agora sabem. E então, FINALMENTE, meu pai foi legal o suficiente e me levou. Fomos de trem mesmo, mas só pagamos R$24,00 em tudo. Tirando o lanche.
Chegando lá, nem estava muito cheio. A gente pagou um meio mico porque não sabíamos onde ficava a bilheteria e tentamos entrar pensando ser assim... Mas tudo bem, porque acho que ninguém reparou nisso.
E aí, meu pai queria tirar um monte de fotos minha em váarios stands. Mas é lógico que eu só aceitei tirar algumas, e não, eu não vou por aqui.
Mas bem, ficamos olhando todas as fileiras e seguindo um mapinha que se pega na entrada. Eu já estava ficando com fome e nem tínhamos chegado na fileira F ainda!!!
Depois nós comemos um lanche que foi MUITO BARATO (ironicamente, é claro), e então voltamos a andar. Mas antes do almoço eu já tinha feito algumas comprinhas. E então nós estávamos andando em um dos corredores e do nada uma menina grita. Aí ela grita e meio que empurra a nossa pessoa. E então do nada, passa bem ao nosso lado, o MAURICIO DE SOUSA. Aquele mesmo que você tá pensando.
Meu pai: "Ah, olha o Maurício!" e meio que apontas pra ele.
Aí bem nessa hora, o Maurício se vira para a gente e DÁ UM TCHAUZINHO!
Tipo, tudo bem, eu não deveria ficar me gabando nem nada, mas não sei se vocês sabem, mas eu meio que amo aquele cara. Meu pai quase trabalhou na empresa dele. Mas por algum motivo que eu esqueci, a coisa não foi pra frente.

Depois, fizemos mais algumas comprinhas e então, passando pelo stand da Novo Século, vi a "Licya Barros" dando autógrafos! Eu, mais que depressa, comprei um livro (porque eu não tinha nenhum e lendo agora, O QUE EU TINHA NA CABEÇA?), e fui lá pra pegar autógrafo. Ah, e eu tirei uma foto com ela também.

(o livro que eu comprei é o que está na mão dela)

Depois disso, e de mais compras, eu fiquei 2 HORAS E MEIA em uma fila pra pegar uma foto e autógrafo com a Thalita Rebouças. Sabem, a Thalita. Ela é uma fofa, bem o que eu imaginava, e foi muito legal. Ela me fez rir e agora estou em "dívida" porque ela perguntou se eu já tinha lido certo livro dela, mas eu ainda não tinha lido (o que só encurtou nossa conversa). Ah, e ela deu dois bottons também!! Aliás, já fui até com um na escola e algumas pessoas comentaram, e agora, tenho certeza de que o mundo sabe que pra mim, "Ler é Bacana!".

(sonho realizado...! *---*)

Bom, depois, quase indo embora, paramos numa fila e vimos que quem estava alí, era a Paula Pimenta! Até pensei em ficar na fila (já que era a menor), mas já estava na hora da gente ir embora e ainda tinha que pegar senha, e adivinhem só, nós não pegamos a senha. Mas tudo bem, pelo menos eu a vi de longe e comprei mais um livro dela. No próximo ano eu pego o autógrafo e a foto.

(decidi por essa só porque o stand atrás parece aqueles templos da mitologia grega >.<)

Andando mais ainda (em direção á saída), vimos outra fila: autógrafos com Maurício de Sousa. Mas só vimos mesmo, porque a fila era enorme. E ele estava numa salinha toda fechada, então nem pra tirar foto de longe não deu.
E andando mais um pouco, vimos OUTRA FILA! E era do ZIRALDO. Sabem quem é o Ziraldo, certo?
Perguntei pra minha irmã e ela ficou tipo: "Hã? Quem?", o que me deu raiva. Perguntei para as minhas primas e para algumas amigas e elas TAMBÉM NÃO SABIAM QUEM ELE ERA! Mas pelo menos conseguimos tirar uma foto com ele, já que entrar na fila estava fora de cogitação, porque a dele era a maior de todas.

Comprinhas:

(da esquerda pra direita: A Garota do Outro lado da Rua - Lycia Barros; Fazendo meu Filme 2 (Fani na terra da Rainha) - Paula Pimenta; Os Delírios de Consumo de Becky Bloom - Sophie Kinsella; 
Fala sério, Amiga! - Thalita Rebouças; Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins)

(dois mangás! Meus primeiros em mãos! Da esquerda pra direita: Nana #1 - Ai Yazawa; 
Tokyo Mew Mew - Mia Ikumi, Reiko Yoshida)

(Percy Jackson e o Ladrão de Raios em quadrinhos! Minha amiga pirou quando viu)

(Os Arquivos do Semideus - Rick Riordan. Foi mal, o meu está com a minha amiga - a mesma 
que pirou com a foto acima - e eu esqueci de tirar foto antes de emprestar á ela, então tive 
que pegar essa da net mesmo...)

Bom, logo tem resenha de todos (menos dos mangás e da história em quadrinhos), e bem, não foram muitos livros, mas como todos sabem, livro não é muito barato, e eu tinha levado bastante dinheiro pra gastar com o que quisesse, e no fim, ainda sobrou!! :)

Vou responder os comentários aos poucos, mas podem ir comentando aqui já, tá? Lembrem-se que eu gosto de saber a opinião de vocês e de "falar" com vocês.

Classificação: 1.000/5

Bjs,
Ariane;)

Resenha "Fazendo Meu Filme 1: A Estréia de Fani - Paula Pimenta"

Olá pessoal!
Que legal que vocês gostaram da ideia do post passado, e obrigada pelos comentários. Logo, logo irei respondê-los!

Capa do livroTítulo: Fazendo Meu Filme 1 - A Estréia de Fani
Autor: Paula Pimenta
Nº de páginas: 336
Preço: R$32,00
Editora: Gutenberg

*Sinopse*
Fazendo meu filme é um livro encantador, daqueles que lemos compulsivamente e, quando terminamos, sentimos saudade. Não há como não se envolver com Fani, suas descobertas e seus anseios, típicos da adolescência. Uma história bem-humorada e divertida que conquista o leitor a cada página. Seja a relação com a família, consigo mesma e com o mundo; seja a convivência com as amigas, na escola e nas festas; seja a relação com seu melhor amigo e confidente. Tudo muda na vida de Estefânia quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. É sobre isto que trata este livro: o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades. As melhores cenas da vida de Fani podem ainda estar por vir…

*Minha opinião*
Estefânia Castelino Belluz, mais conhecida como Fani, é uma garota meio dramática, um pouco engraçada e que ama filmes. Seu sonho é ser diretora. Ou cineasta. Ou roteirista. A cada filme que assiste, ela dá nota de uma á cinco estrelinhas, e não vende, doa ou empresta seus filmes pra ninguém.

"Eles ficam enfileirados na minha estante, todos os 55 filmes que já tenho. Assisti a cada um deles tantas vezes, que cheguei ao ponto de quase decorar as falas. Inclusive, anoto todas as minhas frases preferidas ditas por personagens, e - na minha opinião - os melhores livros são os roteiros." pág. 21

Depois que sua mãe comenta sobre uma viagem de intercâmbio de uma escola, Fani fica maluca, doida por querer ir. Mas quando ela conta essa novidade para seus amigos, um deles (Leo, fofo que só ele) não parece gostar muito...
Depois de muitas coisas meio estranhas acontecendo acontecendo, Gabi (amiguíssima de Fani), começa a achar que o que Leo sente por Fani é mais do que amizade... A garota lógico, acha que Gabi está maluca, não pensando direito; Leo sempre foi daquele jeito, todo legal e gravando CDs para ela (o que eu achei muuuuito legal), e etc. Mas ela admite que começa a sentir um certo desconforto quando [spoiler] o garoto começa a namorar Vanessa, a chatinha da sala [fim do spoiler].

"Ela deu um suspiro e falou: 'De novo? Quantas vezes vou ter que te falar que está muito claro que foi o Leo? Leia de novo pensando nele, você vai ver que consegue até escutar a voz dele por trás das palavras!'" pág. 130

Me apaixonei pelo livro. Não era bem aquilo que eu esperava, talvez por isso eu gostei mais ainda. Logo nas primeiras páginas já me identifiquei com a Fani. Tenho muita coisa em comum com ela. Ela me fazia rir ás vezes, e me deixa com raiva em outras porque tipo, tinha coisas que estavam na cara dela, coisas que ela sabia que não devia fazer e mesmo assim fazia, mas mesmo assim, nada disso mudou minha opinião.
Os amigos da Fani são bem legais, principalmente a Gabi. Gostei muito dela, me lembrou aquela amigas dos filmes super legais, originais e que sempre estão lá pra quando você precisar.

"'Estrelinhas?', eu perguntei. 'Esse filme tem o astro da minha vida no papel principal e você acha que eu classificar com simples estrelinhas? Esse filme merece a Lua, o Sol, a Via-Láctea inteira!'
Com certeza, de agora em diante, aquele filme seria o número 1 da minha lista. Para sempre". pág. 300

Enfim, ótima narrativa, a Paula escreve muito bem, todo mundo falava isso, mas só agora pude conhecer por mim mesma. Mal posso esperar para ter o resto da série, quero muito saber o que vai acontecer.
A capa é muito linda, é uma das mais lindas que eu já vi! Outra coisa também que me impressionou bastante, foi o fato de que a cada começo de capítulo, ter uma frase de algum filme. Algumas eu amei de paixão e guardei pra mim (até postei no Face hahah XD ). O título é perfeito, e achei bem legal o fato de na quarta capa, ter depoimentos das pessoas.
Ah, eu também já escutei todas as músicas citadas no livro (tudo bem, só as internacionais!), e algumas já estão no meu celular. Incrível mesmo!

Classificação: 5/5

Espero que tenham gostado, fiz a resenha de última hora, mas me esforcei bastante.
Até o próximo post!

Bjs,
Ariane;)

ERRATA: No post passado eu disse que a música do Titanic era da Witney Houston e não é não. É da Celine Dion! Obrigada, Kée!

Problema Resolvido (Yay!) e Top #5

Oie pessoas!!!
Como viram o título do post (não viu? Olha lá em cima ^^), o problema foi resolvidooo!!!!
Imaginem a minha alegria!!! Bem, não sei se vocês podem imaginar... De qualquer forma, ninguém merece passar por isso que eu passei.

"O" problema: Era uma imagem. Uma das imagens que eu coloquei em tal post... Passando o mouse em cima de todas as imagens (dica de vocês), descobri a tal...! Apaguei imediatamente, e coloquei outra SEM VÍRUS no lugar. Agora, O PROBLEMA ESTÁ RESOLVIDO...!!!

Bom, alegrias a parte, obrigada á aqueles que se arriscaram entrando aqui mesmo com o vírus, e á aqueles que não aparecia a mensagem sobre o vírus, obrigada por continuarem entrando mesmo. Eu sei como uma mensagem de vírus pode assustar, então eu até entendo. Vou retomar agora a ordem normal do blog, e vou começar por esse Top #5. Não sei se irei fazer outros, por isso eu não numerei.


Top #5 - Cinco programas de televisão que todo mundo assiste, menos eu.

Meio brega, ou chato, eu sei. Só que as minhas ideias não são tão boas (como eu posso ser escritora assim??), mas é um tópico até que interessante se vocês pensarem bem. Minha ideia surgiu olhando vários blogs (eu não fico fazendo isso o dia inteiro não, tá?!), e vendo as dicas que todos indicavam, e então eu pensava: "mas eu não assisto isso. Eu não gosto disso. Não tem como eu chamar isso de legal".
E tipo, todos os outros comentários (sim, eu olho alguns...), eram de apoio, que todos gostavam, comentavam sobre tal episódio e etc, e eu ficava super por fora. Então, decidi fazer esse Top #5, sobre coisas que PRATICAMENTE todo mundo assiste, menos eu.

LEMBRANDO: Eu não estou generalizando! estou pegando informações pela opiniões das pessoas, inclusive das do meu dia-a-dia. As minhas amigas, meus conhecidos e parentes, também estão nesse outro lado. Então se você é igual é a mim, fale isso em um comentário! :)

Nº 1 - Os Simpsons

Nossa... Aposto que muitos vão discordar comigo aqui. Bom, vamos lá.
Já tentei assistir várias vezes (na TV Globinho, no canal FOX, em DVD, na casa de parentes), mas não dá! Simplesmente não tem como eu gostar desse programa!!! Talvez sejam as pessoas amarelas (parece algum tipo de doença), ou talvez seja como na família principal, a única que "presta" ser a Lisa (é assim que se escreve o nome dela?). Ah, e a bebê. Bem, o cabelo da Marge também é estranho... E aquele menino, o Bart, nossa, como ele é chato! E ele faz cada coisa tão má...!
Eu tenho uma amiga que ela gosta tanto dos Simpsons, que até o QUARTO dela é dos Simpsons. É sério, eu mesma já vi.

Nº 2 - C.S.I.

Eu gosto muito de séries de investigação (lembram do post sobre séries?), tipo, "The Mentalist" é uma das minhas séries preferidas, mas C.S.I., definitivamente passa longe. Há uns dois anos, mais ou menos, eu assisti á um episódio de C.S.I. com meu pai (ele é meu companheiro de séries), e até que "gostei um pouco". Mas depois de conhecer "The Mentalist" (que estreou depois), eu achei o seriado ruim. E sempre que eu ia na casa da minha avó, minha tia estava assistindo, então, eu tinha que assistir também (a não ser que eu não ficasse na sala, mas lá não tem muita coisa pra fazer). Então, a minha antipatia pela série, só piorou.

Nº 3 - Bob Esponja

Esse é definitivamente o pior de todos! Só aquela musiquinha da abertura, com aquele cara vestido de pirata falando, já me dá nos nervos! Sério! E porque ele é uma esponja? E o melhor amigo dele, o Patrick, é tão... Bobo. E, fala sério, ele mora num abacaxi. E tem também aquela risadinha (que me lembra muito o Pica-Pau) irritante. o Bob Esponja pode ser bem inocente, e até um bom amigo, mas eu definitivamente não suporto esse desenho! O.O

Nº 4 - Pica-Pau

Não sei bem se esse deveria estar na lista, mas como é um desenho que até os adultos assistem (por ser da época deles e tal), eu coloquei aqui.
Pra começar, tem a risada dele (que me lembra a do Bob Esponja... Hum, acho que eu já disse isso...). E por que ele faz coisas ridículas? Toda vez que eu tento assistir, eu acho que os personagens que contracenam com ele, é que são as vítimas. E a voz dele também é bem irritante. Mas normalmente as vozes desses desenhos são irritantes mesmo, pra atrair as crianças, que são o público-alvo.

Nº 5 - Titanic
(Amantes do filme, por favor, não me batam!!!)

Esse com certeza deveria estar aqui. Todo mundo já assistiu esse filme e chorou, amou, sofreu, se emocionou... Mas eu não senti nada disso. Não sei se já comentei aqui (talvez só com algumas pessoas), que o filme "Diário de Uma Paixão", também suuuper bem falado, não me emocionou nem um pouquinho. Mas ainda é melhor que Titanic.
Eu gosto muito da Kate Winslet, acho ela uma excelente atriz, de verdade. Não assisti muitos filmes com o Leonardo Di Caprio, mas ele também deve ser um bom ator. Só que o que provavelmente iniciou a minha antipatia, foi quando eu pedi uma breve sinopse do filme para a minha prima, que amou. Foi mais ou menos assim:
"Como é o filme?" - perguntei.
"Ah, é muito lindo, nossa, eu chorei tanto, e a Rose é tão romântica e o Jack é tão lindo...!"
"Sim, mas sobre o que é o filme?" - tornei a perguntar.
"É sobre um navio - o Titanic - que eles disseram nem Deus ser capaz de derrubá-lo. Mas aí, ele bate na ponte de iceberg e então todo mundo morre."
(Diálogo estranho, eu sei).
Sei lá. Talvez seja o modo como me apresentaram o filme, ou talvez seja o fato de duvidarem de Deus (não gosto dessas coisas), mas não me emocionei nem com a parte da Rose com os braços abertos e a música da Whitney Houston no fundo. Achei "Casablanca" muito melhor. Sem ofensa, de verdade.

LEMBRANDO: Eu não estou generalizando! estou pegando informações pela opiniões das pessoas, inclusive das do meu dia-a-dia. As minhas amigas, meus conhecidos e parentes, também estão nesse outro lado. Então se você é igual é a mim, fale isso em um comentário! :)


Não fiquem bravos comigo, só coloquei minha opinião, porque afinal de contas, gosto de blogs por causa disso, porque podemos colocar nossas opiniões, e ter outras pessoas pra concordar ou discordar.
Então, se você discorda totalmente ou parcialmente, me fale por comentário!
E se você concorda comigo, bem-vindo ao clube!

Bjs,
Ariane;)

Problemas no Blog!!!

Oie gente!
Que bom que sentiram minha falta, também senti a falta de vocês, a falta de blogar aqui...!

Já respondi todos os comentários e muito obrigada ás novas amizades, obrigada aos novos seguidores na coluna alí ao lado >>, e obrigada por entenderem a minha saída 'rápida'.

Bom, por algum motivo quando entramos em meu blog, aparece uma mensagem tipo assim:


Se quando você entra em meu cantinho e não aparece essa mensagem, AMÉM. Agora pra você que entra em meu cantinho e essa mensagem aparece, EU NÃO SEI O QUE É!!! NÃO SEI O QUE FAZER!!!
NÃO SEI PORQUE ELA ESTÁ APARECENDO, QUE EU SAIBA (ops, melhor voltar a digitar em letra normal mesmo).

Eu não sei porque essa imagem está aparecendo, ela diz que é porque eu tenho algum conteúdo de um tal blog chamado: www.kristenstewartweb.com.br Mas eu nunca entrei nesse blog. Não que eu não goste da Kristen Stewart, é só que eu não costumo entrar em blogs de fãs (menos o da Selena, mas isso é uma exceção). Então, se alguém conhece esse blog, a dona(o), me fale.

E quem não conhece, bem, sabem quando eu fiz meu primeiro post aqui? E eu disse que não sabia mexer em quase nada no Blogspot? E alguns de vocês disseram que sabiam e que qualquer coisa, iriam me ajudar???
Então, eu estou pedindo essa ajuda agora. Sério, se alguém souber como resolver esse problema, me fale por comentário, ou se estiver com medo de entrar aqui (apesar que você já entrou aqui pra ler isso, né, mas mesmo assim...), pode me mandar um e-mail: ARIANE.DOLL@GMAIL.COM (nada é maiúsculo, tá?!).

Talvez seja a lay, ou talvez seja alguma imagem, mas enquanto esse problema existir, vou adiantar as postagens do blog. Os posts já estão planejados, mas vão ter que ficar para mais depois. Espero resolver logo esse problema, porque não gosto de ficar muito tempo sem falar com vocês.

Obrigada pela compreensão,
Bjs,
Ariane;)

Estou viva! (e tenho novidades!)

Não morri, não sumi e não abandonei o blog.
Só fiquei um tempo desatualizada porque fui viajar!!!
Admito que larguei o blog um pouco, nem avisei da viagem (que coisa feia!), e fiquei super por fora do mundo "internetês". Mas tenho bons motivos, afinal, não é sempre que a gente pode viajar. Ainda mais pra outro estado, tipo Minas...
Ai gente, não querendo me achar nem nada, mas é que é tao legal sair de São Paulo! E lá em Belo Horizonte é tão quente, tão mais movimentado do que o bairro onde moro e tão mais turístico...! Ô cidade boa! Quem mora lá e lê aqui, já aproveito para elogiar!

Fui viajar no sábado passado, e voltei só na sexta...! Voltei para o frio daqui de São Paulo! E (acho) por causa disso, ganhei uma linda de uma gripe!!! Nossa, meu nariz já está doendo de tanto que eu vou no banheiro pra assoar... Horrível! E agora que eu saí de um lugar frio para ir á um quente e depois voltar ao frio de novo, percebi como eu quase moro no mesmo habitat que os pinguins!!! Ahhh!! (a louca)

Bom, tenho vários posts planejados, três resenhas, e um meme pra repassar. Tenho que começar de alguma forma, então, vamos pelo meme, que foi indicado pela querida Pâm, do blog Interrupted Dreamer. Obrigada amiga, eu amo responder memes!

Seu Blog é Divo!


Regras:
*Responder as perguntas
*Escolher 10 blogs e passar o link dos tais blogs

Perguntas:
1.Seu nome/apelido: Ariane/Ari, Nani
2.Sua idade: 15 anos
3.Se você fosse uma personagem de livro, quem você gostaria de ser? Nossa, pergunta difícil... Acho que seria a Diane de "Lonely Hearts Club". Mesmo ela sendo uma personagem secundária, admiro o fato de ela não ter medo de falar com garotos, não ter medo de jogar um esporte que goste, e principalmente por ser uma amiga incrível.
4.Qual a melhor parte de se ter um blog? Acho que é poder expressar tudo o que se passa na sua cabeça sem se importar com o que as pessoas vão dizer, fazer amigos de diferentes idades, cidades, mas que tem os mesmos gostos, as mesmas opiniões que você, e poder compartilhar tudo isso.
5. 5 coisas que você não suporta: Insetos, ficar molhada, andar, gente que julga os outros sem nem conhecer alguma coisa além do nome e falsidade.
6. 5 coisas que você ama: Deus, ler, assistir TV (inclua filmes e séries), comer e música.
7.Você acha que seu blog é divo? Não, mas acho divo quem gosta daqui! *--*
8.Deixe uma mensagem para seus leitores: Obrigada por deixarem a minha vida mais alegre, por participarem dos meus melhores momentos e por nunca me decepcionarem!


Blogs:
Aliny
Mary
Paloma
Vanessa
* Ane Reis
* Raah
* Biia Rodrigues
* Natália
Luara
* Sora

Gostarem do meme? Eu gostei bastante, precisei pensar bastante também nas respostas, mas foi bem divertido!

Perdão pela demora em voltar, perdão por deixar tudo meio "ás escondidas" e perdão por nem avisar sobre nada... No próximo post, pra compensar (tomara!), trago uma resenha que eu queria fazer á tempos, mas não tinha o livro em mão.

Bjs,
Ariane;)




Filmes para as Férias!

Não, não é post duplicado, é só eu sem criatividade....
Mas bem, já que gostaram do post sobre séries (apesar de serem todas conhecidas), eu resolvi fazer um sobre filmes! MAS.... Eu aposto que esses filmes não são tão conhecidos assim...

Antes de começar, queria agradecer pelos comentários! Li todos e os guardei com muito carinho!

Bom, espero que gostem!
PS: Se não quiserem ler tudo, podem pular só para a minha opinião, mas nela eu não conto como o filme é.

Título: Coragem de Viver
Título Original: Soul Surfer

*Sinopse*
Bethany Hamilton é uma adolescente apaixonada pelo surfe, o que a transformou numa campeã do esporte. Mas um dia sua sorte mudou e ela foi atacada por um tubarão, que arrancou um de seus braços. Apesar de parecer que tudo estava perdido, com o apoio dos pais, da melhor amiga Sarah e das inúmeras cartas que recebe dos fãs, Hamilton cria coragem e junta forças para reaprender a pegar onda, respeitando seus limites, mas nunca abandonando sua vocação de vencedora.

*Minha opinião*
O filme é muito bonito, a historia é incrível, e é melhor ainda porque é baseada em fatos reais!
Ao contrário de muitas protagonistas chatas e irritantes nos filmes que assistimos por aí, a Bethany não é nada chata. Ela passa por uma dificuldade muito grande na vida, e ainda continua aquela garota de sempre, gentil e legal.
Apesar de não gostar muito do mar, o tema sobre Surf, ficou bem legal e é um dos ótimos pontos positivos no filme!



Título: Esperar para Sempre
Título Original: Waiting For Forever

*Sinopse*
Melhores amigos enquanto cresciam, Emma e Will perderam contato um bom tempo atrás - até onde ela sabe. Para Will, Emma nunca deixou de ser a pessoa mais importante da sua vida. Acreditando que eles estão ligados para sempre, ele vai aonde ela vai. Will não possui casa, carro, ou um trabalho ‘de verdade’. Ele sobrevive de seu talento como malabarista e talentos performáticos afiados com anos de exibição para Emma. Quando o pai dela fica doente, Emma volta para sua cidade natal, tentando deixar pra trás sua vida amorosa complicada e uma carreira fracassada como atriz.

*Minha opinião*
Lindo!!! Muito fofo, nota mil, demais! A história é incrível, linda, e eu agora quero um Willy pra mim!
Admito que fiquei só um pouquinho brava com a Emma em algumas partes, mas no fim, a decisão dela foi certíssima! O fato de a Rachel Bilson interpretá-la só deixou tudo melhor, principalmente porque eu sou muito fã dela e ela é uma grande atriz.
Não sei porque, mas o filme me lembrou uma música perfeita, que eu amo muito: Wherever You Will Go do The Calling. Eu sei, clichê, ainda mais vindo de mim que amo de paixão essa música, mas é sério!!! Principalmente na parte em que o Will confessa tudo pra Emma... Nossa, perfeito, um dos meus filmes preferidos!



Título: O Primeiro Amor
Título Original: Flipped

*Sinopse*
Juli e Bryce se conheceram aos sete anos de idade. Ela sempre admirou o menino, mas ele achava a vizinha meio estranha. Aos 13 tudo muda e ele começa a se apaixonar pela menina. Juntos, eles compartilharam diversas experiências amorosas, como o famoso primeiro beijo, que faz parte da vida de todo adolescente.

*Minha opinião*
Não, não é aquele filme que tem o menino de óculos que é picado por abelhas e morre, e que vive passando na Sessão da Tarde. É outra história. Apesar de ter quase o mesmo nome, o título original não tem nada a ver (isso é o que mata quando eles traduzem o título!).
O filme inteiro é narrado pela Juli e pelo Bryce, alternando a cada "episódio", com as mesmas cenas, mas na versão de cada um deles, ou seja, na cabeça da menina, e na cabeça do menino.
Muito fofa a história, principalmente o final, que não poderia ser melhor. E tem pinturas no filme, o que eu gostei bastante (longa história...).

*Desculpa gente, não achei trailer legendado... :(

Título: Heróis
Título Original: Push

*Sinopse*
O filme conta a história de jovens americanos que possuem poderes sobrenaturais, como telepatia, clarividência etc. Eles precisam se esconder de uma agência clandestina do governo dos EUA que planeja capturá- los.
(Foi mal, a sinopse está muito pequena e não explica muito, mas isso é bom porque aí vocês assistem o filme!)

*Minha opinião*
Muito legal!!! ME lembrou um pouco "X-Men", então isso quer dizer que é muito bom (desculpa, amo X-Men quase tanto como amo os livros, pois é!). Mas não tem nenhuma relação com alguma escola, ou um professor e a palavra "mutante" não é mencionada nenhuma vez.
A hitória é bem legal e criativa e tem um elenco maravilhoso (a fofa da Dakota Fanning, o lindo do Chris Evans *--*, e a atriz que sabe falar português, Camilla Belle).
O filme se passa na China ou Japão eu acho... Tá, isso é um detalhe muito importante que eu esqueci de verificar! Mas passa.~
Só achei estranho o final, porque dá uma impressão de ter uma continuação, apesar de até agora não ouvirmos falar nada sobre um possível "Heróis 2"... Mas lembrando, o filme é MUITO bom.



Título: Delírios de Consumo de Becky Bloom
Título Original: Confessions of a Shopaholic

*Sinopse*
Rebecca Bloomwood é uma garota que adora fazer compras. Seu grande sonho é um dia trabalhar em sua revista de moda preferida, mas ela no máximo consegue chegar na porta do local. Até que um dia ela consegue emprego como colunista em uma revista de finanças publicada pela mesma editora. Quando enfim seu sonho está prestes a ser realizado, ela faz de tudo para que seu passado não venha à tona.

*Minha opinião*
Tá legal, esse filme é conhecido. Mas mesmo assim, tinha que entrar nessa lista porque eu estou assistindo muito, direto (tipo quase todos os dias), por causa da minha TV (é, está meio que passando todo dia...). E eu tipo, amei esse filme. Demais. Perfeito. Nunca li o livro, mas deve ser melhor ainda.
E sabe, é aquele tipo de filme que não precisa de um romance pra ser bom (igual "Heróis", apesar de que na minha opinião, filmes com "poderes" não precisam realmente ter um romance).
A atriz é muito engraçada e a Becky me conquistou á primeira vista.
Não sou muito ligada em moda, mas me identifiquei com a Becky porque meu sonho é trabalhar em uma revista (e ser escritora, tá? Não pensem que eu troquei de sonho!), e esse é o sonho dela, desde os 14 anos (e eu também!!).
Entrou para a lista dos preferidos!


Eu sei que foram poucos filmes, mas esses são os que eu estou assistindo muitas vezes, repetidamente (por causa da Tv, já disse), e não me canso. Eu até ia colocar "Fúria de Titãs", mas acho que ele é bem conhecido e eu ia escrever um texto sobre ele (sabe, a relação com deuses da mitologia grega e "Percy Jackson", e etc... Minha amiga sempre zoa comigo por causa disso...!)

Gostaram dos filmes? Já assistiram algum? Quem sabe todos?
Ah, acho que vocês podem encontrá-los em locadoras próximas, porque todos são filmes novos (2009 também conta).

Bjs,
Ariane;)

Resenha "Ligadas e Antenadas - Inês Stanisiere"

Oie pessoas!
Obrigadinha pelos comentários, recebi com muito carinho!
A resenha de hoje é sobre o livro de uma autora de livros infantis e adultos (principalmente), que eu costumava gostar muito á um tempo atrás.

Título: Ligadas e Antenadas
Autor: Inês Stanisiere
Nº de páginas: 256
Preço: R$32,90
Editora: Galera Record

*Sinopse*
Duas meninas cansadas da mesmice de todos os dias, tiveram uma ideia brilhante: passar uma temporada com o pai do outro lado do mundo, na Tailândia! Um país exótico, uma família completamente louca, dois meninos especiais, as raríssimas pérolas negras, beijos escondidos, o homem com o cabelo mais comprido do mundo... Aventuras incríveis, com direito a micos espetaculares, descobertas, paixão, medo... um diário de viagem como nenhum outro!

*Minha opinião*
Gêmeas loirinhas, de olhos verdes, espevitadas e com probleminhas irritantes, são as personagens principais desse livro. Depois de se cansarem da mesmice do dia-a-dia no Brasil, elas mandam um e-mail (o que elas fazem bastante durante o livro inteiro) para o pai que mora do outro lado do mundo, na Tailândia, com uma nova esposa e família dela. A mãe não concordou no início, mas com várias conversas entre ela e o pai das garotas (que é muito rico), a mulher concordou em deixar as duas filhas passarem um tempo na Tailândia. Só que chegando lá, elas percebem que nem tudo é como nas fotos que elas viram na internet, ou como tudo é diferente, mas um diferente bom, porque nada em fotos, é igual á realidade.

"E, sinceramente, isso aqui tá mais para um hospício do que uma casa normal de família como qualquer outra. Por quê? Vamos por partes. A mulher do papai é uma ex-dançarina por quem ele se apaixonou numa viagem de negócios quando estava passando por aqui tempos atrás. Mais clichê impossível!" pág.66


" A gente tá com saudade de casa, principalmente porque era só a gente e a mamãe. Essa história de morar com a família toda da Mee (a esposa do pai) ao mesmo tempo é muito sinistra. E o pai dela dá medo de verdade. Achamos que ele é um pajé, um mago, um bruxo ou então é maluco mesmo, o que é muito pior." pág.71

Ao decorrer do livro, elas contam em narrativa em primeira pessoa (variando entre a Luiza e a Sofia) sobre tudo o que elas podem falar sobre a Tailândia. Micos, curiosidades, coisas sinistras, medos e até coisas que eu nunca poderia imaginar que fosse assim lá na Tailândia, ou em qualquer outro lugar do mundo.

"Se você acha que já viu de tudo na vida, não sabe de nada. Para ir ao banheiro aqui, é preciso ficar em pé. Na verdade, chamar aquilo de banheiro é um luxo. São uns buracos no chão, e você precisa acertar 'as coisas' lá dentro. Inacreditável!!! E muitos não tem papel higiênico, só uma água do lado, que serve pra você se limpar e despejar de novo no buraco, como uma descarga. Eca, um nojo!" pág.86

Como combinado para viajar, elas tem que mandar um e-mail todo dia para mãe, contando sobre tudo o que fizeram no durante o dia, e acabam mandando um para as amigas também. Para a mãe, elas tentam colocar só as coisas boas, mas para as amigas, elas falam a realidade e verdadeira opinião sobre determinado acontecimento. Os e-mails são até em forma de e-mail mesmo, com aquelas carinhas, o botão de enviar, e o mouse aparecendo do lado.

"Chegamos á uma conclusão assustadora: viemos parar no meio do inferno! Porque as pessoas são loucas, a cidade não faz sentido nenhum, os vendedores atacam as pessoas em plena luz do dia, os tuk-tuks não têm graça nenhuma e, pra finalizar, aqui não tem banheiro." pág.92

O livro é legal, mostra bastante curiosidades sobre a cultura da Tailândia, sobre a religiosidade, mostra várias curiosidades e comidas, então é como se fosse um guia, o que é praticamente a ideia inicial do que elas queriam fazer. Depois de passar um tempo (quase meio ano) na Tailândia, elas percebem que ás vezes, a mesmice do dia-a-dia no brasil, não é tão ruim assim. Ótimo final, e com umas coisinhas a mais que vocês só vão saber se comprarem o livro.

"Ah, viajar é bom, mas voltar é melhor ainda. Nada como se sentir livre de novo. Tudo bem que foi a gente que quis ir e tudo o mais, mas hoje, olhando pra trás, fico chocada em ver como a gente foi corajosa. Se mandar pro outro lado do mundo." pág.212

A autora deve ter tido bastante trabalho para escrevê-lo, porque é bem pesquisado e o bom é que as coisas não ficam chatas ou tediosas, porque ela passa tudo isso, em forma divertida, forma para crianças. O livro é praticamente para crianças (não que outro público-alvo não possa ler), e quem gosta de diálogos, vai amar.
Eu sei que a nota foi meio baixa, mas o livro não é tão ruim quanto parece pelas classificação.

Classificação: 2/5

Gente, fiz uma nova página na coluna alí ao lado << em cima, no menuzinho, onde estão os selinhos (link-me, award e destaque, apesar de eu não saber se ainda vai ter destaque), feitos todos pela minha querida amiga "Fernanda", que como sempre, arrasou. Eu amei, ficou lindo. Obrigada, amiga!
Por hoje é só!

Bjs,
Ariane;)


Séries para as Férias!

Pois é. Nada de novo ou algo do tipo no post... Mas bem, quem bom que gostaram do meme e das respostas. Ainda vou criar um eu mesma, e vou indicar para todas as pessoas que já comentaram aqui (ou no ODT). Aliás, tive uma ideia esses dias...

Obrigada pelos comentários, gostei que algumas pessoas compararam as respostas, que bom que tenho algo em comum com algumas de vocês :D

Já que estamos de férias (eu espero), eu separei algumas das minhas séries preferidas pra vocês. Acho que já conhecem a maioria (ou todas), mas como o frio também bastante, que tal pegar seu computador (ou sua TV), colocar a bunda no sofá, e assistir á essas maravilhosas e espetaculares séries?

The Mentalist
Depois que sua esposa e filha foram assassinadas por um serial killer, Patrick Jane (Simon Baker, aquele que faz uma ponta em "O Diabo Veste Prada") nunca mais foi o mesmo. O cara que enganava as pessoas, fingindo saber seu futuro, e ganhava dinheiro com trapaças e falsas sortes, admitiu que sua vida era uma enganação e entrou para o CBI. Ajudando a polícia com seu grupo de detetives (Lisbon, Cho, Van Pelt e Rigsby), ele usa suas habilidades detalhistas e sua inteligência perspicaz, para achar os criminosos e colocá-los em seu lugar. Mas acima de tudo, ele busca vingança contra "Red John", o cara que matou sua família.

Minha opinião: A série é uma das melhores do gênero que eu já assisti. O mistério em todos os episódios, e o sarcasmo excêntrico de Jane, me hipnotizam. A atuação dos personagens é ótima e eu não imaginaria um elenco melhor. Todos os casos tem um fim surpreendente, graças a Jane que tenta levar as coisas "na brincadeira", para não ficar tudo uma coisa esmorecida.

3 temporadas, com a 3ª em exibição no canal "Warner Channel" pela TV por assinatura ás 21horas, toda segunda.

New Girl
Traída pelo namorado (quem nem é bonito!), Jess  vai morar em um apartamento com três caras (Nick,  Schmidt e Winston), em busca de um recomeço. Os três a ajudam a levar a vida e ao longo da série, Jess descobre mais sobre si mesma, sobre o amor, e ao mesmo tempo, ajuda os rapazes a descobrirem mais sobre eles mesmo também. Com sua amiga modelo Cece, Jess quase consegue alcançar seu objetivo.

Minha opinião: Comédia total. A Jess costuma cantar o que acontece em seu dia-a-dia, Nick é um cara legal, que também acabou de sair de um relacionamento, Schmidt é o galinha rico, e Winston é um jogador de basquete que esteve passando um tempo fora, mas voltou á procura de emprego. Cece é a amiga modelo linda de Jess, que eu sinceramente não gosto muito... Todos os episódios nos apresentam mais sobre a protagonista e nos divertem á custa dos personagens.

1 temporada completa em exibição no canal "FOX" pela TV por assinatura ás 22horas, toda quarta. 

The Vampire Diaries
Quando seus pais morrem em um acidente de carro, Elena e seu irmão Jeremy tentam recomeçar a vida em uma pequena cidade fictícia, Mystic Falls, assombrada por seres sobrenaturais. O foco principal da série é o triângulo amoroso entre a protagonista, Elena Gilbert (Nina Dobrev que é a cara da atriz Victoria Justice!!!) e os irmãos Stefan e Damon Salvatore (Paul Wesley e Ian Somerhalder, respectivamente). Os dois tem um passado sombrio. Mais tarde, a luz é lançada sobre o misterioso passado da cidade, envolvendo a malévola ancestral de Elena, Katherine, que busca vingança contra a cidade e os irmãos originais, que deram origem aos vampiros.

Minha opinião: Apesar do tema clichê sobre vampiros, a série é MUITO boa. Muitas pessoas comparavam (ou comparam) a série com Crepúsculo, mas não TEM NADA A VER. Diferente de Bella, Elena NUNCA quis se tornar uma vampira e ela não é tão sem sal e meio parada como a Bella.
Os irmãos Salvatore são muito legais (até o Damon, que depois conquista todas nós com seu jeitinho de bad boy), e a Elena tem sorte por ter os dois aos seus pés. Tem a melhor amiga Bonnie (que é uma bruxa poderosa), e Caroline, a outra amiga (que é meio metida, mas tem um grande coração) entre outros, que completam a brilhante série baseada nos livros de J.L. Smith (que não tem nada a ver com a série). Quando um episódio começa, fica difícil você parar de assistir.

3 temporadas, com a 2ª em reprise dublada (que eu achei ridículo) em exibição no canal "Warner Channel" pela TV por assinatura, todo dia ás 13horas.

Pretty Little Liars

Rosewood é uma pequena cidade perfeita e maravilhosa. De tão tranquila e intocada, nunca se adivinharia que detém tantos segredos. Alguns dos piores pertencem a quatro amigas – Spencer Hastings, Aria Montgomery, Hanna Marin e Emily Fields - cujos segredos mais sombrios e escuros estão prestes a ser desvendados.
Um ano atrás, Alison, a "abelha-rainha" de seu grupo de melhores amigas, desaparece misteriosamente, sem deixar rastros. Alison as fez acreditarem que seus segredos as uniriam, mas acontece justamente o contrário. Quem poderia dizer qual é a verdade em Rosewood? Parece que todos na cidade estão mentindo sobre algo.
Com o mistério em torno do desaparecimento de Alison, Aria (Lucy Hale) muda-se e depois de um ano retorna a pacata cidade. A partir desse dia, quando todas estão "juntas" novamente, as meninas começam a receber mensagens de "-A" (que as faz pensar que Alison ainda estaria viva), contendo coisas que apenas Alison sabia,(Além de conter várias ofensas as garotas.) Mas não poderia ser Alison, poderia? Com o decorrer da série, são apresentados vários suspeitos. Quem quer que seja, ele/ela parece saber todos os segredos das meninas e está observando cada um de seus movimentos. As meninas são amigas novamente, e elas estarão uma com a outra quando os seus segredos vierem à tona.

Minha opinião: Com muitos mistérios e coisas acontecendo, fica difícil não assistir. A cada final de episódio, vemos um pedacinho de algo que "A" fez, ou está fazendo, mas sem mostrar o rosto, ou qualquer outra parte do corpo. Ficamos com raiva junto com as personagens principais, porque elas sempre se ferram graças á "A", que parece saber todos os segredos delas.
Bastante segredos e pessoas não confiáveis aparecem na série. Com a ignorância das garotas em relação á coisas óbvias, me deixa um pouco com raiva, mas nada que atrapalhe o desenvolvimento e a perfeição da série.

2 temporadas, com a 2ª em exibição no canal "Boomerang" pela TV por assinatura, ás 20horas, toda quarta.

House

House é um infectologista e nefrologista que se destaca não só pela capacidade de elaborar excelentes diagnósticos diferenciais, como também pelo seu mau humor, ceticismo e pelo seu distanciamento dos pacientes, comportamento anti-social, já que ele considera completamente desnecessário interagir com eles.
A série passa-se num hospital universitário fictício chamado Princeton-Plainsboro Teaching Hospital, na cidade de Princeton no estado de New Jersey, nos Estados Unidos.

Minha opinião: Mesmo depois de a série acabar, ainda é uma das melhores que eu já assisti. Todos os episódios trazem suspense (mas nada que assuste, que deixe bem claro), e um pouco de comédia (por causa do House e etc...). Apesar dos nomes das doenças serem um pouco confusas (eu tenho certeza de que NUNCA vou decorar aquelas palavras gigantes e estranhas), isso não importa porque tudo sempre acaba "bem" ou com o final perfeito. Sem dúvida, uma série que merece ser lembrada.

8 temporadas, com a 8ª em exibição no canal "Universal Channel" ás 22horas, toda quinta (eu acho...).

Gente, lembrando: TODAS ESSAS SÉRIES, VOCÊS PODEM ASSISTIR COMPRANDO OS BOXS, OU ONLINE.

Espero que tenham gostado, a maioria acho que vocês já conhecem, mas coloquei aqui só os que eu já assisti ou assisto. Mas vou procurar ver outros, mesmo porque eu assisti outros (sou viciada em séries) que não coloquei aqui. Mas mais tarde posso fazer um post como esse, colocando essas outras séries (que são BEM menos conhecidas, eu garanto).
Por hoje é só. Agora, vou responder os comentários!!

Ari - Skoob
Ariane Ferraz - Facebook
AriaNani - Twitter

Bjs,
Ariane;)

Meme "Complete as Frases"

Oie gente!
Obrigada pelos comentários do post anterior! Recebi todos com muito carinho e já vou respondê-los!

Recebi um meme da "Natália", do blog Don't Makes me Stop, e não sei se vocês sabem, mas eu gosto muito de memes! É tão legal! E foi muito gentil da parte dela me indicar, então eu vou fazer com certeza!

Regras:
*Completar todas as frases.
*Repassar o meme para cinco pessoas e avisá-las sobre.
*Ao repassar as frases, você pode optar por manter as mesmas ou inventar outras.

Meme:


Sou muito... calma. É bem raro eu me estressar com alguma coisa. Minha irmã fica indignada ás vezes por eu ser assim, já que ela é tão impaciente.
Eu não suporto... insetos. Tenho insetofobia, não gosto de nenhum bicho do tipo, nem de borboleta, nem de joaninha. Nem.
Eu nunca... falei palavrão na minha vida. Nada contra quem fala, mas é só que eu nunca precisei deles.
Eu já... fui para a diretoria... Não foi por fazer alguma coisa errada, foi só porque me meti numa brincadeira com pessoas que achava que eram minhas amigas, e no fim, uma menina saiu machucada, e mais de dez pessoas foram para a sala da diretora, inclusive eu.
Quando criança, eu... raspei minha sobrancelha esquerda com gilette, sem querer... Até hoje eu tenho uma falha na ponta, que nem com a depiladora dá pra consertar...
Nesse exato momento, eu quero mesmo é... beber água.
Eu morro de mede de... filmes de terror. Nunca mais assisti um desde que lançou "O Chamado" e eu assisti (sem querer), e então fiquei três ou quatro noites sem dormir.
Eu sempre... raspo o pote em que a minha mãe faz bolo de chocolate :p Ás vezes é melhor do que o próprio bolo rsrsrs...
Se eu pudesse... me pendurava num lustre de loja e ficava balançando (O_O)
Fico feliz quando... consigo fazer o que desejo. Nem sempre eu cumpro todas as minhas expectativas...
Se eu pudesse voltar no tempo, eu... voltava para a quarta série, que foi o melhor ano escolar que eu já tive.
Eu quero assistir a... todos os episódios de "New Girl", "The Vampire Diaries" e "Hart of Dixie" de uma vez.
Quero aprender a... tocar violão. Teclado não bastou pra mim.
Eu preciso... parar um pouco de ler mangá. Já está virando vício!
Não gosto muito... de coisas verdes. Talvez porque me lembrem grama, jardim e jardim lembra insetos... (isso é meio irônico já que o meu antigo blog era verde, e tinha imagens de grama... ¬¬')

Indicados:
*Diana
*Francielle
*Letícia
*Ana Beatriz
*Jennifer

No próximo post, vejo se faço alguma coisa diferente. Esse foi só pra passar o meme (que eu gostei demais xD), e pra avisar que ainda estou aqui!
Obrigada também ás pessoas que me adicionaram no Skoob. Qualquer coisa, "Ari - Skoob". Eu vou em alguns blogs e vocês tem Skoob, mas não tem link para o seu perfil... E acreditem, eu pesquisei lá, mas é muita gente, né?!

Bjs,
Ariane;)

Resenha "A Caminho do Verão - Sarah Dessen"

Oie gente!
Quanta demora pra postar de novo, né? Bem, estava planejando alguma coisa legal pra por aqui, mas como estava demorando demais, resolvi fazer uma resenha mesmo.

Título: A Caminho do Verão
Autor: Sarah Dessen
Nº de páginas: 416
Preço: R$39,90
Editora: iD Editora

*Sinopse*
Colby, uma minúscula cidade do litoral. Férias de verão com o pai e a sua nova esposa, e Thisbe, sua nova irmãzinha. Um emprego em uma boutique totalmente demais. Amizades. Conversas. Romances.
E aí surge Eli, solitário e misterioso, e os dois embarcam em uma busca: para Auden, experimentar uma adolescência sem preocupações que lhe foi negada; para Eli, a recuperação de um acontecimento trágico.
Junte dois solitários numa cidadezinha charmosa de praia e um estoque infindável de noites de verão e... Tudo pode acontecer.
(4ª capa)
Andar de bicicleta é uma das muitas coisas que Auden perdeu a oportunidade de fazer. Mesmo antes do divórcio de seus pais, ela já tinha que fazer o papel da pequena adulta totalmente concentrada na vida acadêmica e que nunca criava atritos - tudo para agradar a mãe.
Mas um verão pode mudar tudo.

*Minha opinião*
Auden (nome da garota, que é em homenagem á um poeta - homem - moderno, famoso por suas obras sobre política, natureza e amor não correspondido), é uma garota que sempre teve que se comportar como uma adulta. Ela perdeu tudo que a adolescência ofereceu á ela, e nunca se importou DE VERDADE com isso. Até ir passar o verão com o pai, a nova esposa Heidi, e sua meia irmã Thisbe, e conhecer Eli.

"- Sabe, se você não sabe andar de bicicleta, não precisa ter vergonha - Eli comentou.
- Eu sei andar de bicicleta, só que faz um tempinho que eu não pratico - respondi." pág. 120

E ela não sabe andar de bicicleta. Ela nunca teve uma infância também. Ela nunca brincou, nunca teve amigas, nunca soube como era te rum pai em casa (porque o pai dela é um escritor que se separou da mãe meio cedo), só tinha o irmão dela. E o irmão dele sempre teve várias namoradas, mas nunca uma fixa, que ele gostasse pra passar o resto da vida. Então, Eli começa a ajudá-la a "recuperar" todo esse tempo. Fazendo tudo o que ela perdeu. Literalmente.

"- Ela nunca fez nada - Eli contou, apontando pra mim - Não foi á festas no colegial, não teve formatura, não dormia na casa das amigas. Nenhuma vida social, nunca - O segurança olhou pra mim, e eu tentei parecer adequadamente retardada culturalmente - Então estamos apenas, sabe, tentando recuperar o tempo perdido, fazendo uma cisa de cada vez. Essa está na nossa lista." pág. 226


Ao longo da história, Auden faz amizade com Maggie, que também faz parte da turma de ciclistas de Colby (a cidade), Leah, Esther, Adam e etc. Seu pai é um cara que fica o dia inteiro, vinte horas por dia, dentro do escritório, escrevendo seu novo livro. Heidi é uma coitada. Ela é legalzinha e não sabe como cuidar de uma criança (ou de sua filha, Thisbe, mas Auden a chama de Isby), então, Auden fica a maior parte do tmepo cuidando de Thisbe, que chora demais!!! Ela tem cólicas o tempo todo, e chora por causa disso, e a mãe não sabe o que faz para fazê-la parar, e o pai... A mãe da Auden é chata. E vive jogando as coisas na cara de Auden, porque ela começa a mudar quando vai passar o verão em Colby e seu irmão, Hollis (cujo nome também é em homenagem á alguém famoso), é o único que "se dá bem" com ela.

"Percebi então por que Maggie tinha tanta certeza de que eu estaria saindo daqui com mais que uma bicicleta no fim do verão. Porque era óbvio. Essa diferença agora era muito clara em mim: eu tive essas experiências, essas histórias, mais dessa vida. Então, talvez não fosse um conto de fadas. Mas essas histórias não eram reais, mesmo... As minhas eram." pág. 382

A história em si é boa, e nos mostra um lado dramático da vida de crianças que não tem infância, cujo pais brigam tanto de noite, que elas (Auden), tem que sair de casa pra ficar longe daquela gritaria. Conta como uma garota recuperou o tempo perdido, e achou com quem recuperá-lo. No fim disso tudo, ela também ajuda Eli, que tinha um "trauma" por causa de um acontecimento de anos atrás. Seus dias são para o trabalho que Heidi arrumou para ela em sua própria boutique, e as noites são para o garoto que a levava para a lavanderia para tomar uma xícara de café e um pedaço de torta (aham.).

No fim do livro, a autora fala quais músicas forma de inspiração para ela durante a escrita do livro, e uma pequena "história" sobre como foi o verão que marcou a vida dela. As páginas são amareladas, o livro é grosso (provavelmente o mais grosso que eu tenho aqui), e a capa é bem a ver com o livro, apesar de eu não ter gostado muito (isso porque eu sou apaixonada por quase todas as capas dos livros que eu vejo).
Só não ganhou quatro ou talvez cinco estrelinhas, porque a história não se desenvolveu, só ficou alí, naquela rotina de, bebê chorando, trabalho na Clementine's, aguentar Heidi, e de noite passear. Sabem? Parece que não vai ter um fim feliz, ou pelo menos "legal" para a Auden. Sem falar que eu não gostei muito da protagonista. Sei lá, talvez por ela ser diferente de qualquer outra dos livros que eu já li, ou por ela ser meio impulsiva ás vezes e por ser um pouco irritante. Mas eu gostei do final.

Classificação: 3/5

Pessoal, obrigada pelos comentários de apoio ao novo domínio (blogger) e aos elogios com relação ao layout, a cor... Que bom que vocês gostaram!
E obrigada ás pessoas que estão me seguindo na coluna aqui ao lado >> Estou muito feliz!
Ah, outra coisa: Eu fiz um perfil no Skoob. Acho que todos sabem o que é o Skoob, mas pra quem não sabe, é um site onde você adiciona no seu perfil os livros que você já leu, os livros que via ler, os que abandonou, o que está lendo, relendo e etc. Eu não sei como se mexe muito bem nele ainda, mesmo sendo português (ás vezes pego mais rápido as coisas que são em inglês.... rsrsrs), mas vou entendo aos poucos.

Skoob - Ari

E obrigada também ás pessoas que me aceitaram no Facebook e no Twitter :)
Por hoje é só. Beijos e até o próximo post!

Ariane;)

Mudamos! Agora é aqui!

Oie gente!!!
Muito obrigada por terem me acompanhado esse tempo todo (quem me conhece desde 2009 vai entender), e também aqueles que me conhecem desde esse ano. Espero que vocês tenham gostado do "One Day a Time", porque eu passei bons momentos alí...! Ele está em hiatus no momento (hiatus pra quem não sabe é um tempo parado, estacionado e etc),  e talvez eu volte com ele um dia. Mas eu ainda tenho a senha da UOL, e vou ficar mexendo nas páginas internas por lá, então não tem como eu esquecer.
Eu sei que o endereço desse blog é meio estranho (somniator-girl), mas é porque quando eu estava pensando num nome para o novo blog, veio "Dreamer" que quer dizer "Sonhadora (sonhador)". E isso eu sou bastante, e gosto muito de ser assim.
E se você não pesquisou no Google Translate o que quer dizer Somniator, eu te digo: quer dizer "Sonhadora" em latim. Eu fiquei procurando um jeito pra por na URL, mas ele dizia que todos os quais eu colocava, "já existiam"... ¬¬'
Então, eu coloquei em várias línguas (algumas eram hieróglifos...), e aí, eu gostei dessa. Até eu me confundo ás vezes pra digitar lá em cima, mas qualquer coisa, é só me adicionar aos Favoritos!!! rsrsrsrs...

As resenhas do ODT (abreviação para One Day a Time), estão no link alí em cima ^^, "resenhas". Estão lá todas as resenhas já feitas por mim. Mas os posts antigos.... Bem, eu ainda tenho.

Vou providenciar um link-me, e aos meus parceiros, podem deixar esse mesmo banner, com a imagem do outro blog, porque não tem problema. Se quiserem atualizar o endereço pra cá... Estão á vontade. Agora, se não, bem, quando a pessoa for no ODT, ela vai ver a mudança de endereço e etc...

Vou atualizando as coisas aos poucos, e os comentários do post passado do ODT, eu vou responder e a partir daí, comentem aqui!!!!

Bjs,
Ariane;)